Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

La Vie en Chérie

Para os apaixonados por moda, cinema, livros e por uma vida doce e divertida

La Vie en Chérie

Para os apaixonados por moda, cinema, livros e por uma vida doce e divertida

Chérie, hoje apetecia-me ir... a Sintra

Antes de mais tenho que me desculpar, pois este post era suposto ser uma sugestão de fim de semana, no entanto não consegui colocá-lo mais cedo, pelo que se aceitarem a sugestão apenas a poderão por em prática num próximo fim de semana. 

Ontem fui a Sintra, já tinha lá estado há cerca de cinco anos, mas tem sempre aquela magia e romantismo como se fosse a primeira vez que lá vamos. O meu roteiro foi essencialmente dividido em duas partes: de manhã fui à Quinta da Regaleira, que já conhecia, e a Seteais. Depois de almoço, fui ao Palácio e Parque da Pena, este sim, que não conhecia. 

Para quem não sabe, a Quinta da Regaleira fica bastante próximo do centro histórico da vila de Sintra (um bocadinho a subir, mas faz-se bem) e, apesar de já existir antes só começou a ser denotada quando, em 1892, Carvalho Monteiro a comprou. Foram construídos túneis, poços, jardins, um palácio, uma capela, cocheiras, estufas, etc, tudo em linhas arquitectónicas fascinantes. À entrada, o visitante poderá optar por visitar guiadas, temáticas ou livres, sendo que tem direito a um mapa, que conta também a história da quinta.

Nova Imagem.jpg

 Quanto a pontos de interesse poderia dizer tudo, porque gosto muito da quinta, mas aqui ficam os meus três favoritos:

  • Os jardins propriamente ditos, têm espécies realmente muito bonitas e que não são muito comuns;
  • O patamar dos deuses, onde se encontram nove estátuas de figuras mitológicas;
  • O poço iniciático, que tem 27m de profundidade, uma escada em espiral e uma galeria subterrânea (consta que era utilizado para rituais de iniciação à maçonaria).

Tudo na construção foi pensado, nada foi deixado ao acaso, tendo sempre em conta temas como maçonaria, ordens templárias, alquimia, mitologia e outros.

Da Regaleira subi um pouco mais a estrada cheia de curvas, e cheguei a Seteais, que tem um miradouro lindo, de onde se vê o Palácio da Pena.

Depois foi o almoço na vila, uma ginjinha e uns travesseiros para o lanche. Seguia-se a Pena, a tão famosa Pena. O Castelo mais bonito da Europa. Sim, é efectivamente lindo, com a construção trifásica extremamente característica, que deixa qualquer um a pensar no quão sortudos foram os habitantes deste Palácio.

P3281410.JPG

Este tem imensos pisos, salas, escadas, escadinhas, corredores que deviam deixar os habitantes cansados só de pensarem em deslocar-se. Gostei especialmente da arquitectura exterior, da estátua do Tritão que pretende aludir à criação do mundo, da capela e do Terraço da Rainha. O único ponto negativo é que, ao contrário da Regaleira, tem um circuito definido, obrigando todos os visitantes a ver as mesmas coisas, na mesma sequência, não tendo acesso a todas as salas existentes.

Se gostam de tirar um dia e ir passear, esta é uma sugestão excelente. Descontanto transportes, o orçamento foi o seguinte:

 4€ (Quinta da Regaleira) + 11,5€ (Palácio e Parque da Pena) + cerca de 10 € (almoço, ginja, e travesseiros) = 25,5€

 

Já foram a Sintra? Gostaram mais da Quinta da Regaleira ou do Palácio da Pena?

 

P.S – As fotografias foram tiradas por mim.