Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

La Vie en Chérie

Para os apaixonados por moda, cinema, livros e por uma vida doce e divertida

La Vie en Chérie

Para os apaixonados por moda, cinema, livros e por uma vida doce e divertida

Então e a Eurovisão?

Sim, já sei o que é que vocês estão a pensar: "Ó chérie, mas tu ainda vês a Eurovisão? Só falta dizeres que também vês o Festival da Canção!". E eu admito que sim, que ainda sou das poucas pessoas da minha geração que gosta de ver. Foi um hábito que me foi incutido pela minha família mas, por ironia, hoje até sou eu que insiste com eles para que vejam e que relembra a data da final.

O Festival da Canção não tenho por hábito ver, mas este ano foi uma excepção. A nossa canção escolhida foi Há um mar que nos separa, cantada por Leonor Andrade, e apesar de interessante, deu logo para perceber que não ia era provável que passasse à final. Somos actualmente o país que mais vezes participou sem nunca ter vencido, ou chegado sequer ao top 5. Sou da opinião que nos devíamos deixar destas andanças durante uns anos, mas enfim.

Ora ontem decorreu a final do 60º Festival Eurovisão da Canção, em Viena, Aústria, que no ano passado venceu o festival. Este ano, o país vencedor foi a Suécia, que atingiu aqui a sua sexta vitória, e que é o segundo país com mais vitorias (só atrás da Irlanda, que já venceu sete vezes). A canção vencedora denomina-se Heroes e é cantada por Måns Zelmerlöw. Em segundo e terceiro lugares ficaram a Rússia e a Itália. Por curiosidade, tanto a Suécia como a Rússia foram os países com pontuações mais altas das suas respectivas semi-finais. 

Eurovision 2015.jpg

Pessoalmente acho que a maioria das canções deste ano tinham um bom nível de qualidade, seja em termos de vozes, coreografias e efeitos especiais. A vencedora não era de todo a minha favorita, porque não faz o meu estilo, mas percebi perfeitamente por que foi eleita. Apesar disso, preferia a canção russa ou a italiana, que era uma das minhas favoritas. Como não podia faltar, ao longo das votações notou-se muitas vezes votos políticos, com países que são próximos a votarem uns nos outros. Mas sem isso a Eurovisão nem era a Eurovisão! E deixo-vos mais uma curiosidade: dos 27 países apurados para a final, apenas 5 países cantaram nas suas línguas: França, Montenegro, Roménia, Espanha e Itália.

Mostro-vos agora as minhas favoritas (pela ordem em que foram apresentadas):

 

Estónia 

Gostei imenso desta Goodbye to Yesterday que ficou classificada em 7º lugar. Simples, com um belo par de vozes, um nadinha alternativa, vai passar a fazer parte das minhas músicas, sem sombra de dúvida.

 

Austrália

Veni, vidi, vici! A Austrália estreou-se na Eurovisão e conquistou (quase) toda a gente. Ficou em 5º lugar com quase 200 pontos. Gostei bastante do ritmo e da voz do cantor, que me fez lembrar um nadinha o Bruno Mars.

 

Áustria

O país vencedor do ano passado e anfitrião apostou num estilo bem diferente do ano passado e... espalhou-se ao comprido! Ficou em último (sim, leram bem último, 27º lugar) com 0 PONTOS! Mas pelo menos a Alemanha fez-lhes companhia na pontuação nula. Sinceramente, apesar de perceber que não era uma canção para ganhar, pois não tem de todo o aparato das típicas canções festivaleiras, e pouquíssimos efeitos, acho que a pontuação foi bastante injusta. A canção era boa, assim como as vozes e o ritmo, e a banda, The Makemakes, já abriu inclusive um concerto para os Bon Jovi. Para mim, pouco importa o lugar em que ficaram, eu achei-a bastante diferente de todas outras, gostei, e vou dar uma oportunidade à discografia deste grupo.

 

Espanha

Não é genial, nem especialmente original, mas é uma canção bem cantada, com uma boa apresentação e que merecia um pouco mais do que um 21º lugar. Fui só eu que me lembrei do Capuchinho Vermelho quando começou?

 

Itália

Não havia como resistir às vozes portentosas destes três rapazes. Apesar de a ópera não ser de todo o meu estilo, não há dúvidas de que esta era uma canção com todo o potencial para vencer. Nós demos-lhe os nossos preciosos 12 pontos e ficou classificada na 3ª posição.

 

E quanto a vocês, costumam ver a Eurovisão? Se sim, de que canções gostaram mais? 

1 comentário

Comentar post