Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

La Vie en Chérie

Para os apaixonados por moda, cinema, livros e por uma vida doce e divertida

La Vie en Chérie

Para os apaixonados por moda, cinema, livros e por uma vida doce e divertida

Séries da minha vida #11 Better Call Saul

Terminei recentemente a série televisiva Better Call Saul – título apelativo e referente a um slogan conhecido dos apreciadores de Breaking Bad.

 better_call_saul_-_key_art.jpg

A série foi criada por Vince Gilligan e Peter Gould, também produtores de Breaking Bad. Este spin-off procura contar a história de Saul Goodman (Bob Odenkirk), um advogado, seis anos antes de conhecer Walter White. Exibida pelo canal AMC, estreou em 2015 e já estava prometida uma segunda temporada antes da primeira ter sido posta no ar.

A série começa com imagens do presente, de eventos futuros, após o final de Breaking Bad, em que conhecemos Saul Goodman como gerente de uma loja da Cinnabon. Ao longo de dez episódios, é-nos apresentado James McGill (aka Saul Goodman), e o seu percurso até se tornar advogado. Sendo considerado uma das personagens menos hipócritas de Breaking Bad, Saul Goodman tem tudo para dar certo enquanto protagonista desta nova série que sendo dramática, acaba por ter uma certa percentagem de comédia.

Nova Imagem1.jpg

Foi, tal como Breaking Bad, filmado em Albuquerque (New Mexico), apesar de a narrativa em si decorrer também fora desta cidade. A par com Saul, temos mais personagens do fenómeno Breaking Bad, como Mike Ehrmantraut, cuja ligação com o primeiro não ficou totalmente esclarecida. Mas tenham calma, não são apenas as personagens preferidas do público que têm lugar nesta série, também os mafiosos, malvados e criminosos têm direito a um lugar ao sol. Tuco Salamanca e os seus colegas de profissão, No-Doze e Gonzo, aparecem também em Better Call Saul, para deixar no espectador uma noção de ligação entre Breaking Bad e este spin-off.

Muito bem produzida, com uma história coerente, tem a minha completa aprovação e irei ver a segunda temporada. Tal como em Breaking Bad, são feitos avanços face ao presente para suportar “tudo aquilo que estamos a conhecer” e dar sempre a sensação de que ainda não sabemos tudo. A classificação do IMDb é 9.2, a minha é:

 

Classificação: 8/10

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.