Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

La Vie en Chérie

Para os apaixonados por moda, cinema, livros e por uma vida doce e divertida

La Vie en Chérie

Para os apaixonados por moda, cinema, livros e por uma vida doce e divertida

Séries da minha vida #3 True Detective

Hoje trazemos até vós a série mais falada deste ano que infelizmente eu só agora tive oportunidade de ver. E a série de que vos falo é, como não podia deixar de ser, True Detective.

Conta a história de dois detectives americanos, Rust Cohle (Matthew McConaughey) e Marty Hart (Woody Harrelson), que trabalharam juntos ao longo de cerca de 7 anos, desde 1995 até 2002, e que passados 10 anos, em 2012, são chamados para prestar declarações sobre o primeiro e mais famoso caso que investigaram juntos. Este prendia-se como uma rapariga que tinha sido assassinada segundo um estranho ritual, e que estaria possivelmente relacionado com uma série de desaparecimentos na zona.

True-Detective-HBO-Series.jpg

Uma óptima série da HBO que conquistou uma imensa popularidade, com cerca de 11 milhões de pessoas a verem cada episódio nos EUA, e que devido à sua história intricada de mistério, filosofia e suspense fez imensas pessoas criarem dezenas de teorias explicativas sobre a identidade do assassino. 

Pessoalmente foi uma série que gostei imenso de ver, principalmente devido ao destaque dado ao desenvolvimento da relação entre os dois detectives ao longo dos anos, e que me atraiu (a mim e a muitos mais) com a excêntrica personagem Rust. Aliás, um dos melhores factores, se não mesmo o melhor, da série foi a grande qualidade de interpretações dos dois actores principais.

True-Detective-450x264.jpg

Além disso é também de louvar a forma como a história foi contada, em três narrativas consoante o ano em que se encontrava, bem como a excelente fotografia que nos levou a conhecer um pouco das paisagens melancólicas e enigmáticas do Louisiana. A realização foi simplesmente excelente, basta lembrarmo-nos do famosa cena de cerca de 6 minutos do episódio 4, filmada ininterruptamente.

True Detective Louisiana Trees.pngTrue Detective Louisiana.png

A nível da história, as personalidades contrastantes de Marty e Rust foram o mais interessante, seguido depois do mistério que conseguiu criar muita expectativa. Contudo, penso que a resolução e desenvolvimento do caso, assim como o fim, e por conseguinte o último episódio ficaram aquém do esperado.

Em conclusão uma série altamente recomendável que já foi renovada para uma segunda temporada com uma história completamente diferente e novos actores, com 8 episódios de cerca de 1h cada um, mas que na minha opinião foi um bocadinho sobrevalorizada de acordo com o que tenho visto e lido na internet.

Foi nomeada a 11 Emmys, tendo vencido 5 e actualmente está nomeada a 4 Globos de Ouro em que espero que tenham mais sorte e arrecadem prémios mais importantes, até porque está nomeada na categoria de Mini Série e não de Série, o que faz toda a diferença.

 

Classificação: 8/10 

 

P.S. Se já viram a série consultem este site que está só excelente.

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.