Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

La Vie en Chérie

Para os apaixonados por moda, cinema, livros e por uma vida doce e divertida

La Vie en Chérie

Para os apaixonados por moda, cinema, livros e por uma vida doce e divertida

Neste Dia... 7 de Fevereiro

Há mais de 200 anos, em 1812, nascia na Inglaterra o mais famoso escritor da época, e que mantém o seu estatuto de um dos maiores nomes da literatura britânica e mundial até ao dia de hoje, Charles Dickens.

Em criança foi um ávido leitor, o que muito contribuiu para o desenvolvimento das suas capacidades enquanto futuro escritor. Começou a trabalhar cedo, aos 12 anos, primeiro numa fábrica e mais tarde num escritório, e vindo a tornar-se num jornalista. Em 1836 começa a publicar o seu primeiro livro, mensalmente, em capítulos, o que lhe granjeou o seu primeiro sucesso. Nesse mesmo ano casou-se, sendo que desse casamento viria a ter dez filhos. Entretanto continuaria sempre a publicar mais livros, geralmente sob o mesmo formato de episódios, abrangendo não só o romance, mas também o conto, a poesia, peças de teatro, artigos e ensaios. Em 1858 separou-se da mulher, o que escandalizou a sociedade vitoriana, pois era já um escritor consagrado de grande notoriedade. Viria a morrer a 9 de Junho de 1870, aos 58 anos, de morte cerebral, no seguimento de um enfarte. Mais tarde, duas casas onde viveu formam transformadas em museus (vejam aqui e aqui).

 

Charles Dickens.jpg

Enquanto escritor, o seu estilo caracterizou-se precisamente pela publicação dos seus romances em folhetins, semanal ou mensalmente, o que lhe permitia avaliar as reacções do público e ir alterando o rumo da história por forma a tornar-se mais aprazível. Nas suas obras há marcadamente uma crítica social, criticando a permissão da pobreza extrema e das más condições de vida que imperavam. Também a sátira, a caricatura e a criatividade foram pontos fortes do seu trabalho.

Entre as suas mais conhecidas obras encontram-se Oliver Twist, Nicholas Nickleby, A Christmas Carol, David Copperfield, Bleak House, A Tale of Two Cities, e Great Expectations, entre outras. Já foram feitas mais de 200 adaptações das suas obras quer ao cinema, quer à televisão. Recentemente, em 2013, foi inclusive realizado um filme sob parte da vida do escritor, The Invisible Woman, com Ralph Fiennes a interpretar Dickens.

 

E vocês? Já leram algum livro de Dickens? Já viram alguma adaptação de uma das suas obras?

Eu confesso-vos que um dos livros na minha lista para ler este ano é precisamente um dos seus livros, o Um Conto de Duas Cidades

Neste Dia... 19 de Dezembro

Há cerca de 170 anos, em 1843, era publicado um dos livros mais conhecidos sobre a época natalícia, um verdadeiro clássico de nome "Um Conto de Natal" ou na sua versão original "A Christmas Carol" do escritor britânico Charles Dickens.

393px-Charles_Dickens-A_Christmas_Carol-Cloth-Firs

A história é certamente conhecida por todos e com uma forte moral, tendo como protagonista o avarento Ebenezer Scrooge que detesta o Natal. Numa noite recebe a visita do seu falecido sócio que lhe diz que nessa noite será visitado por três espíritos. E nessa mesma noite deste homem é profundamente afectada ao confrontar-se com o seu passado, presente e possível futuro.

724px-Charles_Dickens-A_Christmas_Carol-Title_page 

Esta obra teve desde logo imenso sucesso tanto junto da crítica como do público, e já foi adaptada dezenas de vezes ao teatro, cinema, televisão, entre outros, sendo que hoje faz parte da cultura popular natalícia. Por isso com o Natal já tão próximo sugerimo-vos que descubram esta e outras obras de Dickens, e que se aproximem do verdadeiro espírito da época. 

Feliz Natal!